Degustando #038: Midleton Very Rare 2005

Tenho o costume de deixar algumas garrafas de whisky guardadas. Normalmente são garrafas repetidas, que já provei e aprovei e que, em algum momento futuro, acredito que me farão muito feliz. Apenas deixo a garrafa “esquecida” numa caixa ou dentro de algum armário. Assim foi o Midleton Very Rare.

Ele é produzido na destilaria Midleton que, por si só, é uma caixa de surpresas. Não segue o estilo de destilaria tradicional escocesa, nostálgica. É uma destilaria de estilo e proporções industriais. De lá saem whiskey, gin, vodka. De whiskies produzem variadas marcas e, consequentemente, variados estilos de whiskey. E o maior beneficiado com isso é o Midleton Very Rare.

O Midleton Very Rare é um blended irish whiskey triplamente destilado, produzido desde 1984, e tem a proposta de ser uma seleção de whiskies especiais, raros pela sua qualidade. A seleção é feita anualmente, à dedo, pelo Master Distiller da destilaria Midleton a partir dos whiskies, de qualquer marca, estocados nos depósitos da destilaria. As garrafas são numeradas e contam com a assinatura do Master Distiller. A embalagem é uma caixa de madeira, simples mas de bom acabamento.

Muitos torcem o nariz para blended whiskies e, na verdade, não os culpo: o nosso mercado está repleto de opções que corroboram para o estigma de que blended whiskies sofrem de ausência de qualidade. Apenas lamento que não tenham conhecido ainda blended whiskies do calibre do Midleton Very Rare. É um espetáculo de whiskey. No vídeo a seguir falo um pouco sobre a destilaria Midleton e também minhas impressões sobre o whisky. Além disso, traço um paralelo com outro whisky de proposta similar: o Johnnie Walker Blue Label. Sirva-se de uma dose de whisky e assista ao vídeo, logo abaixo, ou no canal do youtube!

Grande abraço!!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *