Como é produzido o Whisky III – Moagem

Se você estava lendo o artigo anterior (maltagem), também deve estar perguntando: “OK, tenho malte, e agora??

OK, tenho malte, e agora??

Com o malte pronto para uso, será necessário transformá-lo em uma espécie de farinha grossa, chamada “grist“. Este é um processo bem simples, mas que requer alguns pontos de atenção.

Neste ponto o malte está armazenado em algum silo, com umidade controlada, normalmente algumas toneladas. Agora, para transformá-lo em grist, será necessário limpar o malte e então prensá-lo. Para tanto, será necessário fracioná-lo em partes menores, que caibam nos equipamentos de limpeza e moagem. Estes equipamentos normalmente funcionam com alguns quilos de grão por vez, e não toneladas. O tamanho desta fração que pode ser, por exemplo, 30 kg de grãos de malte.

Antes de moer os grãos de malte, é necessário certificar-se de que não existam “sujeiras” que possam danificar o equipamento de moagem. Desta forma, antes do uso, a fração de grãos passa por uma máquina para a limpeza do malte, removendo restos de madeira, metais, galhos, folhas, etc.

Na Ardbeg, o moedor funciona de forma totalmente automática
Moedor na Ardbeg

Após, essa mesma fração passa pelo moedor de grãos. Este moedor de grãos consiste em um conjunto de rolos metálicos que prensam os grãos, normalmente 5 ou 6 rolos. A idéia não é triturar os grãos, mas sim prensá-los. Como resultado, temos o grist que nada mais é que o malte triturado. Entretanto, o grist não é uma farinha homogênea, mas sim um composto formado por “husks”, “middles” e “flour” (cascas, farelos e farinha). Cada destilaria tem a sua definição de como deve ser o grist. Por exemplo, o grist esperado e obtido na Springbank Distillers é composto por 20% de husks, 70% de middles e 10% de flour.

Por fim, a fração de grist é movido para o “grist bin” (uma espécie de silo) para armazenagem e o processo é repetido para a próxima fração de malte.

 

Curiosidade!

  • Os equipamentos de moagem podem ser muito antigos, com mais de 100 anos.
  • Algumas destilarias aguardam um período entre a maltagem e a moagem, não moendo os grãos imediatamente após a maltagem. Este período pode ser de alguns meses. Neste período os grãos permanecem descansando em um silo chamado “malt bin“.
  • Como pode ser medido o percentual de husks, middles e flour para determinar se o grist
    Controlando com engenhosidade husks, middles e flour
    Controlando com engenhosidade husks, middles e flour

    obtido é o mesmo que o esperado? Simples e engenhoso! Com uma caixa de madeira de 3 níveis. O grist é colocado no primeiro nível da caixa. A caixa é fechada e manualmente chacoalhada. Ao abrir a caixa, no primeiro nível teremos husk, no segundo nível teremos middles e no terceiro nível teremos o flour.

 

OK. No início você perguntava “Ok, tenho malte, e agora??” e agora você se pergunta: “Tenho esse tal de grist. E agora????”. Siga lendo Como é produzido o Whisky IV – Maceração

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *